Eye of Cleopatra

ZF-superbanner-01.08 a 01.11

Chevrolet Onix crash-test

Nova geração do Chevrolet Onix repete resultados positivos do sedã, enquanto a picape Mitsubishi L200 decepciona

O Latin NCap divulgou novos resultados dos testes de impacto, dessa vez com o novo Chevrolet Onix, que conquistou a nota máxima com cinco estrelas de proteção para adultos e crianças, e a picape Mitsubishi L200, que não conseguiu nenhuma estrela na pontuação para adultos. A instituição, responsável por avaliar a segurança dos veículos vendidos na América Latina e no Caribe, afirmou que resultado da L200 foi “embaraçoso”.

O Onix hatch repetiu o bom resultado do sedã Onix Plus, cuja pontuação foi divulgada há dois meses. Fabricado no Brasil, o modelo recebeu nota máxima para adultos e crianças e ainda um Latin NCAP Advanced Award pela proteção de pedestres – aliás, é exatamente o mesmo resultado do Onix Plus.

Chevrolet Onix crash-testEquipado com seis airbags e controle de estabilidade, o hatch apresentou bom desempenho no impacto frontal, lateral e lateral de poste. Destaque também para o Sistema de Aviso de Uso de Cinto de Segurança (SBR) como equipamento padrão nos bancos dianteiro e traseiro. Vale ressaltar que o hatch foi usado no teste de impacto lateral, enquanto os resultados de proteção contra impactos frontais e de poste foram considerados os da versão sedã.

Confira o vídeo com o teste de colisão do novo Chevrolet Onix:

 

Mitsubishi L200 zera nos testes

Por outro lado, a picape Mitsubishi L200,fabricada na Tailândia e no Brasil, alcançou zero estrela para a proteção de adultos e duas estrelas para crianças. O modelo testado não traz airbags, sistema de aviso de uso de cinto de segurança ou controle de estabilidade. Por isso, a pontuação obtida foi baixa, com “alta probabilidade de ferimentos com risco de vida em uma batida a apenas 64 km/h”, segundo informa o Latin NCap.

Mitsubishi L200 crash-testNos testes, a L200 mostrou uma estrutura instável, inclusive na área dos pés. Outro aspecto criticado pela instituição é o fato de a picape contar com cintos pélvicos de dois pontos na posição do banco central traseiro, mesmo em 2019. A Mitsubishi se comprometeu a melhorar a lista de equipamentos de série para o modelo em toda a América Latina, produzido a partir de fevereiro de 2020 – que devem então chegar ao mercado somente após abril do próximo ano. Entre as mudanças devem estar adição de airbags frontais para motorista e passageiro e cintos de segurança para o motorista e passageiro com pretensores e limitadores de carga.

O Latin NCAP, por sua vez, considera as alterações insuficientes, faltando “algo tão importante quanto o controle eletrônico de estabilidade, a proteção lateral da cabeça e a proteção de pedestres”. “Todos esses itens serão necessários para obter mais de duas estrelas no novo protocolo Latin NCap, que entrará em vigor no final de 2019. A Mitsubishi L200 é um modelo muito popular nas frotas para empresas de mineração na região e é a picape mais vendida no Chile. Com este resultado assustadoramente pobre, o Latin NCap pede aos gerentes de frota das empresas de mineração que tomem medidas imediatas e adotem uma política de frota de cinco estrelas o mais rápido possível”, completa a entidade.

Para agravar a situação, o Latin NCap revelou que um vendedor disse, no momento da compra do carro, que “os airbags não são necessários porque a estrutura é robusta”.

Veja o vídeo com o teste de colisão da Mistubishi L200:

 

Leia mais

 

Latin NCap adotará Teste do Alce a partir de dezembro

Chevrolet Onix Plus leva cinco estrelas e Chery Tiggo 3 zera

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site