brazino777

ZF-superbanner-01.08 a 01.11

Fiat 500 Abarth

Executivo confirma que uma versão de alta performance Abarth já está em desenvolvimento para o 500 elétrico

 

Enquanto aqui no Brasil aguardamos o lançamento do Pulse Abarth previsto para o final deste ano, lá fora, o Fiat 500 pode ganhar uma versão “apimentada” Abarth novamente, mas dessa vez na sua variante elétrica. O anúncio é aguardado pelos fãs da marca desde que o 500 elétrico chegou ao mercado, devendo preencher a lacuna que seus antecessores deixaram quando saíram de linha.

Agora, o CEO da Fiat e Abarth, Oliver François, admitiu que o modelo está em desenvolvimento em uma entrevista à revista britânica Autocar. Sua produção e chegada às lojas é aguardada para o segundo semestre de 2023 ou início de 2024. Assim, este será o primeiro Abarth totalmente elétrico da história.

Fiat 500 elétrico 500e Icon Brasil

O executivo explicou que o processo de desenvolvimento está se mostrando mais complicado do que eles imaginaram inicialmente, já que se espera de um Abarth potência, ótima dirigibilidade e muita diversão ao volante. Por isso, o sistema de powertrain elétrico obviamente não será o mesmo do modelo convencional. E depois de atingir os dados desejados com o motor elétrico, será necessário adaptar transmissão, freios, suspensão e muitos outros sistemas do carro. São esperadas mudanças também no visual, como rodas maiores e kit aerodinâmico.

O500 elétrico “normal” traz motor elétrico dianteiro que rende 118 cv de potência e 22,4 kgfm de torque, ou seja, a tração é apenas dianteira. Ele é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos e fazer retomadas de 60 a 100 km/h em 4,8 segundos, com velocidade máxima limitada a 150 km/h. Sua bateria de íons de lítio possui 42 kWh de capacidade de armazenamento, oferecendo autonomia homologada de 320 km. Ele está à venda no Brasil desde agosto do ano passado por R$ 252.675.

Vale lembrar que o 500 Abarth foi vendido em nosso mercado de 2014 a 2018, importado do México (fotos do modelo acima). Ele trazia sob o capô o motor 1.4 Multiair 16V Turbo que rendia 167 cv e 23 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. Ele era capaz de ir de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e chegava à velocidade máxima de 214 km/h.

 

Fotos: Divulgação

Share This
brazino777 Mapa do site