22bet

ZF-superbanner-01.08 a 01.11
Nissan Kicks 2023 - Foto: divulgação/Nissan

Nissan Kicks 2023 – Foto: divulgação/Nissan

 

O Nissan Kicks é um SUV que é encontrado nas concessionárias com preços a partir de R$ 112.990,00. Somente nos quatro primeiros meses de 2023, mais de 14 mil exemplares foram emplacados no Brasil, número que deixa o veículo na 13ª posição no ranking dos mais vendidos do país. A reportagem da 22bet testou a versão Exclusive CVT com Pack Tech e contamos a seguir todos os detalhes da nossa experiência.

 

Sistema de segurança é destaque no Nissan Kicks Exclusive CVT

 

A versão testada tem como novidade um pacote de segurança que conta com itens como o alerta de colisão frontal com assistente inteligente de frenagem, monitoramento de ponto cego , piloto automático, sistema inteligente de partida em rampa, alerta inteligente de mudança de faixa, cintos de segurança de três pontos para todos ocupantes do carro, entre outros. 

O aviso visual do monitoramento de ponto cego e do alerta inteligente de mudança de faixa chamou a atenção por sua localização. Diferentemente de outros veículos que o aviso fica localizado no retrovisor, a Hyundai preferiu colocá-lo na parte interna do veículo, próximo aos retrovisores. Com isso, os sinais são facilmente identificados e o motorista não precisa desviar o olhar da pista.

 

Foto: divulgação/Nissan

Foto: divulgação/Nissan

 

O monitoramento de ponto cego funcionou perfeitamente, avisando sempre que um carro, caminhão ou motocicleta estivesse em um ponto cego. O assistente de mudança de faixa só funcionou em avenidas onde as faixas eram bem visíveis. Nas que estavam um pouco apagadas, não foi possível utilizar o sistema. 

O sensor de estacionamento e a câmera 360° foram bem úteis e ajudaram nas manobras e balizas que realizamos em ruas sem muito espaço. O sistema inteligente de partida em rampa também cumpriu bem seu papel ao auxiliar nas partidas em subidas.

 

| LEIA MAIS: Top 10: os carros mais vendidos do Brasil em abril
| LEIA MAIS: BYD Yuan Plus: Avaliamos o SUV chinês 100% elétrico

 

Espaço, conforto e conectividade

 

O interior do Nissan Kicks 2023 é confortável e espaçoso. Sua altura de 1.61 m, o comprimento de 4.31 m, a largura de 1.76 m e a distância entre-eixos de 2.62 metros tornam a viagem confortável tanto para quem vai nos bancos dianteiros, quanto para quem está nos traseiros (até mesmo para o passageiro que fica na posição central do banco traseiro). 

Um outro diferencial que gostamos bastante foi o sistema de som, que conta até com uma caixa de som da marca Bose localizada no encosto de cabeça do banco do motorista. No volante, o acesso completo ao computador de bordo do veículo, onde é possível visualizar informações sobre os pneus, consumo, velocímetro digital, entre outros, também chamou a atenção.

 

Foto: divulgação/Nissan

Foto: divulgação/Nissan

 

Outros pontos positivos são o carregamento por indução e o revestimento dos bancos que possuem acabamento premium disponíveis nas cores preto, macchiato e preto com cinza. 

A conectividade do veículo fica por conta de um display de 8 polegadas com Android Auto, Apple CarPlay, bluetooth e portas USB disponibilizadas também para os passageiros do banco traseiro.

 

Consumo e desempenho

 

O motor do Nissan Kicks 2023 é 1.6l, 16v, com 110 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 113 cavalos quando abastecido com etanol, já a  transmissão é a Xtronic CVT. Durante os testes realizados em perímetro urbano com velocidade de até 50 km/h, enfrentando congestionamento e sem a necessidade de retomadas, o veículo se comportou bem.

Quando foi necessário utilizar um pouco mais de potência em subidas e ultrapassagens, o Nissan Kicks não apresentou uma resposta imediata ao toque no acelerador, levando alguns segundos até entregar a potência necessária para a situação, o que requer ainda mais atenção quando for ultrapassar outro veículo. Já em situações onde foi possível desenvolver a velocidade sem a necessidade de torque imediato, o Kicks se comportou bem.

Outro ponto que nos assustou um pouco foi o consumo. Rodando em perímetro urbano e enfrentando bastante congestionamento, o Kicks chegou a marcar no computador de bordo um consumo de 5.1 km/l rodando no etanol. Na rodovia, foi possível uma média de 9 km/l. 

 

Texto: Daniel Palermo

Share This
22bet Mapa do site