Fortune Ox

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Volkswagen Fox Xtreme 2020

Após 18 anos, o Fox se despede do mercado brasileiro para dar mais espaço na linha de montagem para o SUV T-Cross

 

A VW celebra o marco de 200 mil unidades do SUV T-Cross produzidas no Brasil. E o que isso tem a ver com o Fox? Com o sucesso de vendas do SUV, o Fox deixou oficialmente de ser produzido na unidade de São José dos Pinhais (PR) para dar mais espaço ao SUV na linha de produção.

De acordo com a fabricante, a última unidade produzida do Fox, uma versão Xtreme na cor Vermelho Tornado, irá integrar o acervo da empresa e será uma das atrações da Garagem VW, localizada na fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP).

VW Fox e T-Cross fábrica

“Desde o seu lançamento, em 2003, o Fox foi produzido exclusivamente na fábrica do Paraná e ao longo destes 18 anos se consolidou como um modelo muito querido pelos colaboradores e desejado pelos clientes. O T-Cross segue o mesmo caminho e é motivo de orgulho ver um produto da nossa planta se tornar um sucesso de vendas no Brasil e no exterior”, afirma Leandro Lemos de Oliveira, plant manager da Volkswagen em São José dos Pinhais.

A história do Fox começa no país em 2003, quando o hatch foi lançado. Ao longo desse período, ele soma mais de 1,8 milhão de unidades produzidas em São José dos Pinhais (PR). Desse montante, segundo a VW, cerca de 1,3 milhão foram vendidas no mercado interno e cerca de 500 mil unidades foram exportadas para diversos países em todo o mundo.

Com a característica posição de dirigir elevada, o hatch acabou dando origem a outros modelos, como SpaceFox e SpaceCross. Outro marco em sua trajetória é que ele foi o primeiro carro da marca a usar o motor de três cilindros 1.0 12V Total Flex e a adotar o câmbio manual de seis marchas.

Fotos: Divulgação

Share This
Fortune Ox Mapa do site