sportradar

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

VW Passat

Sedã vendido nos EUA deverá dar lugar a uma versão de
produção do conceito ID Vizzion

 

O VW Passat pode dar lugar a um novo modelo 100% elétrico. É o que apontou o diretor de operações da Volkswagen nos EUA, Johan de Nysschen, em entrevista ao site americano Roadshow.

“O Passat é um carro com vida útil finita no nosso planejamento. É razoável crer que, quando o Passat atingir o fim do seu ciclo no mercado, o seu sucessor não deverá ter um motor a combustão”, comentou de Nysschen no Salão de Chicago (EUA).

Ainda de acordo com a publicação, o Passat deverá ser substituído, pelo menos nos Estados Unidos, pelo ID Vizzion, um sedã cuja versão de produção será o quarto membro da submarca de elétricos ID da Volkswagen.

Vale destacar que o Passat dos Estados Unidos é um carro diferente (e bem mais antigo) que o disponível na Europa. Apesar de ter passado por uma reestilização no ano passado, o sedã feito nos EUA é basicamente o mesmo desde 2011 e ainda utiliza a plataforma PQ46, a mesma do carro europeu dos anos 2000.

No ano passado, o Passat somou apenas 14.123 unidades comercializadas nos EUA, enquanto o Toyota Camry, de porte semelhante, somou 336.978 unidades registradas no mesmo período. Já o carro europeu vive uma situação bem diferente na Alemanha, onde emplacou 59.322 unidades em 2019 e foi um dos modelos mais vendidos no país.

Share This
sportradar Mapa do site